«

»

jan 27

Alergia nos pés e nas mãos

Disidrose – Saiba como combater este mal

“O termo de denominação da doença é inadequado e, normalmente, pronunciado e escrito de forma incorreta – desidrose. Na verdade, a disidrose não está relacionada ao suor, como muitos pensam. São lesões que surgem, exclusivamente nas mãos e pés, e possuem um líquido viscoso resultante de processos inflamatórios”.


Introdução

A disidrose possui muitas causas identificadas e reconhecidas pela Medicina. É interessante notar, entretanto, que a população atribui à disidrose as mais diversas causas sem comprovação científica. Assim, não é raro as pessoas suspeitarem que a doença se deve ao aumento do ácido úrico no organismo, a problemas renais ou ainda ao uso excessivo do álcool.

O Que É

A disidrose é caracterizada pelo aparecimento de erupções cutâneas de caráter reincidente (que reaparecem com freqüência). São formadas vesículas, isoladas ou confluentes (aglomeradas), com conteúdo geralmente viscoso.

As lesões acometem, exclusivamente, as mãos e os pés. Entende-se por vesículas, lesões da pele de conteúdo líquido, com até um centímetro de diâmetro. Acima de um centímetro, são chamadas de bolhas.

Quando o líquido sofre ressecamento, formam-se crostas e, quando as lesões involuem, formam-se escamas. Portanto, conforme a fase evolutiva da disidrose, será observada a presença de vesículas, crostas ou escamas.

Termo Inadequado

A palavra disidrose é composta pelo prefixo dis, que significa defeito, falha ou dificuldade e hidrose, que representa a produção de água ou suor.

“Sua origem remonta às primeiras descrições da doença, quando se supunha que as vesículas representavam gotas de suor que não conseguiam ser eliminadas e ficavam retidas na pele. Hoje sabe-se que o líquido existente no interior das lesões nada tem a ver com o suor ou água. A palavra disidrose, embora imprópria, tornou-se clássica e continua sendo empregada”, destaca o médico dermatologista Bernardo Gontijo, coordenador do Curso de Pós-Graduação em Dermatologia da Faculdade de Medicina da UFMG. O líquido no interior da vesícula é inflamatório, ou seja, extravasamento resultante de inflamação.

Queixas Freqüentes

O desconforto gerado pelas lesões é extremamente variado, embora a coceira (prurido) seja uma queixa freqüente. A disidrose pode ser completamente assintomática (sem presença de sintomas), coçar pouco, coçar intensamente, apresentar ardor quando há fissuras na pele, e assim por diante.

Múltiplas Causas

Vários fatores podem resultar no aparecimento das lesões da disidrose. Infecções fúngicas, como algumas micoses cutâneas podem se manifestar com lesões disidrosiformes. Nesse caso, o fungo está presente dentro das vesículas.

A disidrose pode representar também uma reação desabitada (isto é, sem fungos), mas que está à certa distância de um foco primário (outro tipo de lesão) habitado por fungos. “É comum encontrarmos pacientes com micoses nas unhas dos pés ou nos espaços entre os dedos (“frieira”) e que apresentam disidrose nas mãos, como conseqüência desse foco. Uma vez curada a infecção no pé, as lesões de disidrose das mãos desaparecem automaticamente e sem necessidade de tratamento”, explica o médico.

Outra causa conhecida é a farmacodermia. Como explica o Dr. Bernardo Gontijo, alguns medicamentos, como a penicilina, podem produzir reações cutâneas disidrosiformes. A dermatite de contato também é um fator de relevância. Trata-se de um quadro provocado por substâncias que, em contato com a pele, por mecanismos alérgicos ou simplesmente por irritação, pode desencadear erupção disidrótica.

Como esclarece Dr. Bernardo Gontijo, a disidrose é um padrão individual de reação. Ou seja, uma pessoa desenvolve uma dermatite de contato pela substância X e apresenta lesões disidrosiformes. Já uma outra pessoa, em contato com a mesma substância, desenvolve uma dermatose completamente diferente, que não a disidrose. “Portanto, não é a natureza da substância de contato que determina se a lesão é ou não disidrose e sim o padrão de reação de cada pessoa”, explica o dermatologista.

A dermatite atópica, uma doença inflamatória crônica da pele, de causa desconhecida e freqüentemente associada à bronquite asmática e à rinite alérgica, se manifesta por diferentes tipos de lesões. A disidrose pode ser uma manifestação comum da dermatite atópica.

Também o estresse e alterações emocionais são citados freqüentemente como causa de disidrose. “Tal fato pode ser verdadeiro ou simplesmente refletir nossa incapacidade ou dificuldade em determinar a real origem do processo”, argumenta Dr. Bernardo Gontijo.

Tratamento

As formas terapêuticas da disidrose variam conforme a causa. Um problema é a dificuldade para se detectar com precisão a verdadeira causa da disidrose. Algumas vezes, mesmo quando identificada a causa, sua eliminação é difícil ou até mesmo impossível, como no caso dos fatores emocionais. Dependendo da causa, o tratamento é medicamentoso. É essencial a avaliação médica para realização do tratamento adequado.

Fontes: UOL – Saúde

Leia as experiencias dos leitores em Just Landed (Portugal)

 

42 comentários

Pular para o formulário de comentário

  1. luiz gonzaga

    Boa tarde pessoal,

    Também tenho essa alergia, essas bolhinhas que coçam e quando estouram ardem muito, tenho nos pés e às vezes saem nas mãos. Procurei o médico e ele me passau uma pomada de nome FUROATO DE MOMETASONA, mas não aconselho o uso sem consultar o médico ok? Porque cada organismo é diferente.

    Abraços.

    espero ter ajudado

    Gonzaga

  2. Marcia

    Tenho uma alegia crônica somente na sola dos pés.
    Então, é primeira vez que leio alguma coisa parecida com o que eu tenho.
    Já procurei por toda internet, algo parecido. Não tenho qualquer problema nas unhas ou dedos dos pés, nem nas mãos. E somente ali na curva dos pes e esta subindo pelo tornozelo do lado de dentro dos pés.
    Só que como faz muitos anos que tenho isso, já identifiquei alguns sintomas, como: qualquer tipo de pomada, faz piorar. O calor é a pior coisa, bem se eu passo pomada, incha e parece que esta cozinhando aquela parte dos pés, sai uma pele grossa, é muito nojento, só por Deus eu escrevo isso. Mas eu preciso de alguma ajuda.
    Eu já fui a dermatologistas, mas tudo se complicou, quando uma renomada Dra. me disse: ” -Isso não tem cura.”
    Foi o fim ouvir isso, daí que tudo se complicou mesmo.
    A única coisa que me alivia é o leite de magnésia, mas não posso deixar secar, porque, abre uma fresta horrível e ai comeca a doer e começa tudo de novo, do zero outra vez, a coceira então, ela é insuportável.
    Bem, não como mais nada ácido, nem tomo café porque a cafeína faz piorar, acho que daqui a pouco eu so vou comer arroz sem sal, e tomar leite 2%, e alguns legumes.
    Um médico me disse:”- Você precisa seguir 4 regras: Não comer quente com gelado, Não comer doce com salgado, Não misturar verduras com fruta, Não fruta com fruta.”
    Eu faço isso, mas não funciona.
    Será que vcs podem me ajudar? Bem é a terceira vez que tento ajuda, mas não recebi nenhuma resposta ainda.

    1. Alergo House

      Prezada Sra. Márcia,

      Infelizmente, por questões ético-profissionais estamos impedidos de opinar clinicamente – recomendamos sempre a procura de um profissional de sua confiança.
      Sugiro que a senhora tente procurar respostas com o próprio, Dr. Bernardo Gontijo que participa desta reportagem.
      Buscando pelo nome dele no Google encontrei os seguintes contatos:
      Dermatologia – Hosp. das Clínicas de Minas Gerais
      Dr. Bernardo Faria Gontijo Assunção
      Alameda Álvaro Celso, 55 – Santa Efigênia
      Cep: 30150-260 – Belo Horizonte/MG
      Tel: (31) 3409-9560
      E-mail: adermato@hc.ufmg.br

      Fonte: Sociedade Brasileira de Dermatologia

      1. Marcia

        Mesmo que vc nao possa me responder clinicamente, eu te agradeco muitissimo pela ajuda que e preciosa, vou atras pra ver se encontro alguma luz no tunel.
        Obrigada de coracao.

        Marcia.

        1. Alergo House

          Prezada Sra. Márcia,

          Nós estimamos a sua melhora.
          Se possível depois nos conte sobre os resultados de obtiver.

          Disponha e conte conosco.

          Atenciosamente,

          Equipe Alergo House

      2. marcelino

        Marcia conheci uma pessoa que tinha o mesmo problema! Nunca conseguiu resolver através de profissionais . O problema desta pessoa estava no sangue e foi resolvido com tratamento de benzetacil,.Não aconselho o uso deste medicamento, até porque existem muitos casos de pessoas que após o uso deste sem as devidas precauções sofreram anafilaxia. Aconselharia voce a procurar um profissional e pediria exames de sangue para
        VDRL. Pesquise sobre “sífilis” http://www.manualmerck.net/?id=215&cn=1828.

    2. daniel

      Prezada Sra. Márcia,
      tenho algo parecido com essas bolhinhas nos pes, ha muito tempo uma acumpunturista me diagnosticou como sendo excesso de proteina animal no organismo. Sendo assim, recomendou-me reduzir o consumo de carnes. Quando comeca a sair muitas bolhinhas no pe, dimunuo a ingestao de carnes ou ate mesmo me abstenho de consumir carne ate que melhore.

    3. Marinês Ribeiro

      Oi Márcia, há menos de uma semana também fui diagnósticada com disidrose. No ínicio foi difícil já que as minhas manifestações também só ocorriam na sola dos pés, nunca em mãos ou unhas. Além do mais as pomadas só pioravam e já faziam 5 anos que essas lesões apareciam e desapareciam. As lesões são horriveis mesmo! No iníciam coçam demais, mas se as bolhas estourarem dói muito. Porém, minha dermatologista realizou uma biópsia que constatou desidrose. Além disso, ela também solicitou uma cultura para fungos e uma especifica para Tinea, por ser comum ser causada por uma infecção primária. Como sou Biomédica estou realizando minha cultura. Ainda não cresceu nada em 7 dias mas cultura de fungos demora até 40 dias para que possa ocorrer um crescimento. Bem, cura na verdade é difícl visto que a disidrose, na maioria das vezes não tem causa aparente. Estou usando uma pomada a base de gentamicina, a diprogenta, que ajudou muito a secar a lesão rapidamente e banhando os pés com permanganato de potássio. A médica disse que mudanças de climas, uso execessivo de calçados fechados e estress, sempre fazem aparecer as bolhas.
      Espero ter ajudado.

    4. Clério Henrique Carvalho

      Tenho desidrose há dois anos e a última dermatologista me indicou consultar um psicólogo. Estou com tal consulta marcada para amanhã 23/10/12. Talvez seja mesmo problema emocional. Acho que sim. espero tê-la ajudado.

  3. Uissitomo

    Boa noite, tenho muita coceira nos dedos dos pés, fui recomendado vários medicamentos mas nenhum deu efeito. Gostaria de saber se a doença e contagiosa ou hereditária. obrigado

    1. Alergo House

      Bom dia!

      Prezada Uissitomo,
      Infelizmente, por questões ético-profissionais estamos impedidos de opinar clinicamente – recomendamos sempre a procura de um profissional de sua confiança.

    2. Otavio

      Boa tarde.
      Eu moro em São Paulo, tenho a alergia na mão há 6 anos e comecei a ter no pé a 1 ano, já passei por dezenas de dermatologistas, fiz biopsia e não contou nada.
      Sempre passavam as mesmas pomadas de sempre, na maioria das vezes a base de betametasona.
      Na primeira vez surtiu um efeito, as bolhas sumiram, mas bastou uma semana pra elas voltarem, ai com o tempo as bolhas expeliam (expurgava) a pomada. Depois disso passei por muitos dermatologistas, e nada todos receitavam apenas pomadas, teve um dia q passou pro corpo todo, ai tomei no pronto socorro injeção de Fenergan e tomei soro, uma hora depois a alergia sumiu. fiquei dois anos sem ter nada, porem voltei a ter depois de expor minha mão a terra vermelha, procurei novamente os tratamentos e nenhum receitava nada além de pomadas como de costume, ai fui pro interior de São paulo em Americana(SP), me receitaram o Permanganato de Potássio, que foi com um luz no fundo do poço, ele seca as bolhas e cicatriza a ferida em menos de dois dias, como disseram que não tem cura, este sendo um método de manter a alergia em controle, recomendo para todo mundo, pena que aqui em São Paulo, seu comercio é proibido, devido a mulheres que utilizavam do mesmo para fazer aborto.
      Por causa disso vou sempre ao Interior comprar o medicamento.
      Fica a dica quando não se acha uma solução em Dermatologistas de cidade Grande, procure em Cidades Pequenas

  4. maria

    Há 9 meses que sofro com uma alergia ,estou em tratamento com alergologista mas sem resultados,só melhora quando estou usando medicamentos…. já fiz testes,exames,e não da nada..mas ela continua aqui,firme e forte….coceiras nas mãos e pés…mas sem lesão..as vezes machuca sim,mas de tanto eu coçar…muito difícil.. não consigo enxergar uma luz pra me curar.

    1. Alergo House

      Bom dia!
      Sra. Maria,
      Infelizmente, por questões ético-profissionais estamos impedidos de opinar clinicamente – recomendamos sempre a procura de um profissional de sua confiança.
      Gostaríamos de convidá-lo a conhecer nossa loja virtual especializada em pessoas alérgicas: http://www.alergohouse.com.br
      Atenciosamente, Alergo House

  5. Vera

    Essas bolhas e coceiras me acompanham a uns 7 anos e nunca fiz tratamento, tive que aprender a conviver com isso, mas é dificil coça muito fora a estetica pq começa a escamar envolta da unha, o calcanhar fica todo ressecado e o cheiro é desagradavel, e costuma aparecer mais no calor .
    Essa matéria me ajudou muito pq não tinha idéia do que poderia ser isso,
    Obrigada.

  6. Silvana

    Meu filho tem alergia nos pés e nas mãos ,ela aparece do nada elétrica angustiado e diz que queima muito fica molinhando as mãozinhas e pãezinhos .os médicos dizem que e corante ,coisasartificiais mais nao sei ,até o sol ,nao sei se e de alimentos ou calor ,já fiz vários exames e todos negativos ,caso alguém possa me ajudar por favor .

  7. andreia

    Meu nome é Andreia, tenho essa alergia há mais de 6 anos fiz vários tratamentos.
    Já passei por 4 médicos, o último foi ontem e ele me recomendou tirar um pedaço de pele pra fazer o exame.
    Espero q de tudo certo porque não suporto mais a disidrose e muito horrível.
    Não desejo por meu pior inimigo. Espero q de tudo certo em o nome de Jesus.

  8. joana

    Por favor me ajudem com essas coceiras nas mãos e nos pés..Já passei todos os tipos de pomadas e nada…No ano passado eu tive e meus pés ficaram cheio de bolhas que estouraram e viraram feridas. Descobri que toda vez que eu fico muito nervosa por algum motivo, fico estressada começam as coceiras…O que eu devo fazer por favor me ajudem.

    1. Alergo House

      Bom dia!
      Sra. Joana,

      Infelizmente, por questões ético-profissionais estamos impedidos de opinar clinicamente – recomendamos sempre a procura de um profissional de sua confiança.

      Gostaríamos de convidá-lo a conhecer nossa loja virtual especializada em pessoas alérgicas: http://www.alergohouse.com.br

      Atenciosamente, Alergo House

  9. VERIDIANE

    Tenho esta alergia, gastei muito dinheiro com pomadas e a unica coisa que alivia e faz as bolhas secarem mais depressa foi a Babosa, corto ela e passo o liquido nas lesões um remédio caseiro e resolve melhor que as pomadas caras receitadas pelos médicos.

  10. Katia

    Olá,
    Também tenho esse problema. Nesta estação tenho muita vergonha dos meus pés, que fica horrível, com várias bolhas e descascando!

    E sempre aparece, principalmente quando está quente…

    Não sei mais o que faço… pois o pé fica nojento e muito feio…

  11. Brena Frota

    Eu acho que tenho isso,há muitos anos fui no dermatologista,e ele disse que tinha alergia nos pés,mas nao disse o nome próprio da doença,mas me passou uma pomada que melhorava.Antes abriam cortes,e coçava muito e criava umas pelizinhas que estourava e ardia muito,agora só descama.O pior tempo é quando tá calor e se uso tênis.Queria saber se com esses sintomas que disse,tenho essa doença msm.

    1. Alergo House

      Bom dia!

      Sra. Brena,

      Infelizmente, por questões ético-profissionais estamos impedidos de opinar clinicamente – recomendamos sempre a procura de um profissional de sua confiança.
      Gostaríamos de convidá-la a conhecer nossa loja virtual especializada em pessoas alérgicas: http://www.alergohouse.com.br

      Atenciosamente, Alergo House

  12. silvana

    eu tambem tenho desidrose,gostaria muito curar essa alergia,fico c/vergonha de mostrar o pe,

  13. Juliana

    Olá pessoal, eu não sei se o que eu tenho é desidrose porque desconheço essa conexão com “bolhas” tão informadas aqui, mas em dois dermatologistas que eu fui eles disseram ser desidrose, é um INFERNO eu não aguento mais! coça insuportavelmente, eu não durmo, não trabalho direito porque não aguento a coçeira! eles me receitaram as pomadas Diprosone e Candicort além dos compromidos Itraspor mas infelizmente NADA disso resolveu! Esta cada dia pior, meu pé coça demais, fica amarelado e racha em alguns lugares, fica tipo “grosso” nesses lugares que coçam muito e eu estou desesperada! vou tentar essa “erva do bicho” pra ver porque to quase colocando álcool nos pés e tacando fogo, juro. que horror….

  14. werley

    Ola gente, eu tinha essas alergias e o remédio que deu certo é fluconazol vem duas capsulas é tomado uma vez por semana o tratamento é demorado mas o resultado logo percebera que funciona em um mês de tratamento já começa a perceber que somem as coceiras espero ter ajudado

  15. Luiz Quintanilha

    A foto no topo do site é exatamente igual ao que eu tenho nos pés ha uns 3 anos.
    Não tenho estas bolhas nas mãos, apenas na sola e algumas vezes na lateral dos pés onde a pele é mais grossa.
    Também não tenho problema com coceira, mas as bolhas incham e causam dores.
    Quando isso acontece, eu furo para sair a secreção viscosa causando uma ardência por algumas horas.
    Nunca fui ao médico para saber o que é isso, mas pretendo ir em breve.
    Tenho usado Propionato de Clobetasol (corticoide) e tem ajudado a secar a lesão, mas não impede que as bolhas voltem em outros pontos.

  16. clodomir araujo

    Meus caros. Eu fui diagnosticado como portador de disidrose, primeiro na ño dedo polegar da mão esquerda, quando foi feito a coleta do material e o laboratório informou ao dermato que não tinha fungos etc. Depois, se alastrou para os outros dedos e para a mão direita. Acontece que no meu caso, não existe bolha com liquido, nem coceira, odor etc.(Graças a Deus), porém, as pontas dos dedos ficam grossos, e descamam, mesmo eu passando constantemente pomada (Fisiogel). Já utilizei outras e nada dá certo. Percebi, agora, que a tinta das letras dos jornais me irritam os locais, e assim, passei a utilizar Luvas descartáveis para ler jornais diariamente, o que melhorou bastante. Conclusão: Vejo que se trata de processo alérgico e devemos identificar o que realmente desencadeia a disidrose, é lógico que já percebi, também, que estresse é causa. Vamos nos ajudando e no final saberemos conviver sem grandes problemas.

  17. ROSELI ALVES DE SOUZA

    TENHO TUDO ISSO A MUITOS ANOS,É HORRÍVEL CONVIVER COM ISSO,MAS USO DIPROJENTA PRA ACALMAR AS COCEIRAS….

  18. Luciana

    Tenho essa alergia desde criança, faltei muitas aulas pq as bolhas estouravam e por vezes uniam-se umas às outras, o problema permaneceu na adolescência e na vida adulta. Hoje tenho 33 anos já fui em vários médicos e até podólogos para retirarem a camada de pele grossa do calcanhar. Usei muitas pomadas e um médico disse que era alergia à água sanitária, o que acredito, porque quando usam no banheiro de casa as bolhas voltam. Para minha felicidade, não sei se por conta do uso do fluconazol e de um outro medicamento com a mesma base as bolhas aparecem com menos frequência e quantidade.

  19. Neto

    Galera, tenho este problema desde que me conheço por gente.
    Hoje tenho 40 anos e sei que a rinite alérgica influencia na disidrose.
    Para mim, tenho uma relação direta com determinados alimentos e bebidas que causam este problema.
    Farei uma lista dos que certamente causam a disidrose em mim e
    os evito, sem me privar pois às vezes assumo que sofrerei as consequências
    ou seja, coceiras, bolhas e feridas:
    1° – Salame. Este é batata… Comer e assumir as consequências.
    Não se trata de todos os embutidos, pois presunto e mortadela
    não me causam o problema. Creio que a quantidade de salitre dos
    alimentos é diretamente proporcional.
    2° – Vinho suave (aqueles vagabundos com adição de açúcar)
    Esqueçam, paguem 17 reais num vinho tinto Merlot ou Cabernet.
    depois que parei com vinhos de baixa qualidade os problemas
    Não apareceram mais.
    3 ° – Salsicha. É comer e esperar as bolhas. Creio que o corante seja
    o grande vilão.
    4° – Aliado à salsicha vem o molho de tomate. Exagerar é pedir
    Bolhas nos pés.
    5 – Abacaxi. Apesar de adorar o suco, penso duas vezes, pois
    Sei que beber me trará problemas.
    Bom, é isso pessoal. Como toda alergia, temos que levar uma
    vida com certas restrições, mas como eu disse acima: não se prive
    muito, pois só se vive uma vez.
    No mais quando as bolhas e coceiras aparecem, recomendo:
    À noite, após o banho, deixem os pés “respirarem” (nada de meias ou
    pantufas!). É pé no chão MESMO! Depois lavem antes de dormir.
    Pomadas para as feridas ou bolhas: Por incrível que pareça, para mim
    A boa e velha MINANCORA é minha rainha. 2 dias passando antes
    de dormir e as bolhas viram casquinha.
    Espero ter ajudado.
    Abraços
    Neto (www.josecastanhasneto.blogspot.com)

  20. Lioní Nogueira

    Boa noite! estou muito feliz, ao começar ter uma noção, do que há anos me perturba. Ao ler todas estas postagens aqui, tive uma luz.. Pois o meu problema é muito parecido. Toda vez que ao ingerir mandioca, manga, caldos, no outro dia começa esquentar, em algum lugar, do dedo da mão ou geralmente no calcanhar. e fica vermelho. Passando alguns dias, começa exatamente como tenho lido aqui, bolhas transparentes , depois secam, e começa a escamar. Quando as bolhas estouram ardem naquele dia.
    Já fui em vários médicos, e já fiz N exames. E deu tudo negativo.
    Porque esquenta é a minha pergunta.
    Por favor se alguém tiver uma porta para me ajudar. Desde já agradeço muito mesmo.
    Abraços.

  21. Eduardo Firmino da Silva

    Bom, eu tenho essa tal disidrose, más não sabia o que era. fui a um médico e um dermatologista e ambos falaram que era alergia.
    No inicio pensei que fosse micose. Fui a farmácia várias vezes. Usei diferentes tipos de pomadas e nunca resolvi o problema.
    Hoje verificando aqui vi a imagem do pé dessa pessoa. Incrível as minhas são realmente iguais. Gostaria muito de saber como cura-las.
    Um amigo me falou que era Ácido Úrico outro falou que era falta de Magnésio no organismo.
    Eu comprei o magnésio e venho tomando melhorei bastante. Porém sempre que eu tomo bastante suco de limão e laranja elas surgem novamente, quando o calor e intenso aparecem também, quando faço ingestão de ovos ou maionese ou ainda suco de maracujá.
    Alguns anos atrás vivi em Fortaleza e o calor era muito forte, meus pés esquentava tanto que tinha que jogar água gelada depois disto é que me apareceu essas bolhas.
    Lá a coisa foi tão feia que eu vivia com os pés feridos ao ponto de não poder por o sapato e ainda hoje quando uso alguns tipos de sapatos os dedos ficam em carne viva e tem um odor horrível. Só que surgiu uma coceira nas costa que ainda me incomoda muito e de tanto eu coçar ficou escura e tudo isso foi depois do tempo que vivi em Fortaleza. Hoje esta quente e coça bastante porém nunca formou bolha nas costas.

    1. Alergo House

      Boa Tarde!
      Prezado,
      Infelizmente, por questões ético-profissionais estamos impedidos de opinar clinicamente – recomendamos sempre a procura de um profissional de sua confiança.
      Gostaríamos de convidá-lo a conhecer nossa loja virtual especializada em pessoas alérgicas: http://www.alergohouse.com.br

      Atenciosamente, Alergo House

    2. Lioní Nogueira

      BOA TARDE! O AGRADEÇO MUI, POR EXPOR IDÉIAS E MELHORIAS EM TERMOS DESSE PROBLEMA QUE ME AFLIGE. É HORRÍVEL. GERALMENTE SOMENTE NO MEU PÉ ESQUERDO ACONTECE ESSAS IRRITAÇÕES, QUANDO ENTÃO CHEGAM OS TEMPOS DE MANGA, CAJÁ MANGA, CAQUI, A COISA FICA MUITO RUIM. DESDE JÁ O AGRADEÇO MUITO MESMO. VOU POR UM CAMINHO, PORQUE EXAMES JÁ FIZ TODOS E NADA. ABRAÇOS.

  22. Evandro

    Tive este problema por 20 anos, usei fluconazol por 6 meses, não tenho mais nada, segunda semana já se vê uma grande diferença.

  23. dany

    Ola pessoal, tenho alergia nas mão e pés coça muito, já fui no dermatologista ele passou medicamento e pomadas, melhorava, mas quando acabava o período do tratamento voltava pior, minhas mãos ficaram inchadas com uma crosta grossa e coceira, de tanto coçar ficava com escamas e ferimentos muito ressecadas também, ate que fui no alergista e ela me receitou anti – alérgicos e disse pra mim sempre hidratar as mãos e quando eu fosse passar a pomada e hidratante enrolar as mãos no papel filme, com isso a crosta grossa e as escamas saíram. Graças a Deus agora estou bem melhor.Espero que eu tenha ajudado.

  24. Walkiria

    Olha pessoal, a minha desidrose está quase anulada em 3 dias, com a seguinte forma. Preparar uma hidratação com 1 vidro de água oxigenada 20 volumes, 1 vidro de glicerina, 3 comprimidos de melhoral adulto.
    Misturar tudo, inclusive fazer com que o melhoral dissolva bem. Esperar dois dias, antes de usar.

    Proceder da seguinte forma: tomar banho, nos pés ( no meu caso ), passar com gase (alvejante puro- famosa Cândida ) vai arder muito, mas passa rapidinho, e feito isso, passar o hidratante e calçar uma meia.
    Vcs notarão a diferença, e as bolhas deixará de se formar, inclusive a coçeira que é infernal sumirá.

    Obs: usei todo tipo de pomada, creme e etc…. não resolveu, mas este método(receita da vovó) eu assino em baixo. Boa sorte pessoal!

  25. Jose inacio de santana

    Tenho essa alergia,mais vendo essa reportagem me ajudou muito pois vi pessoas que tomaram o Flucozanol melhoram muito,realmente a coçeira é grande e incomoda e fere,sem falar na estética que deixa a pessoa com vergonha de mostrar os pés e as mãos,sem esquecer os olhares e comentários de pessoas leigas que não sabe que é uma alergia e ficam com medo de pegar essa doença.

  26. Jose inacio de santana

    Ajude-nos com matérias como essa,gostei muito desde já serei um leitor desse Blog.

  27. sandra mara da cruz

    Tenho uma alergia séria nas mãos, cada vez que tenho contato com o pé de acerola.
    Passo perto do pé, já basta para minha pele ficar bem vermelha, inchada e queima por dentro e se eu não tomo o remédio (aciclovir 200 mg), não melhoro.
    Tenho que fazer um tratamento bem longo com vários comprimidos, várias vezes ao dia e já vi doutor,que a árvore dessa fruta me faz um mal enorme.
    O que me diz? vou aguardar sua resposta.
    Obrigada

    1. Alergo House

      Bom dia!
      Prezada,
      Infelizmente, por questões ético-profissionais estamos impedidos de opinar clinicamente – recomendamos sempre a procura de um profissional de sua confiança.
      Gostaríamos de convidá-la a conhecer nossa loja virtual especializada em pessoas alérgicas: http://www.alergohouse.com.br

      Atenciosamente, Alergo House

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *