«

»

abr 13

Disidrose: causas e tratamento

O que é a Disidrose?

disidrose pode se apresentar por várias causas, a disidrose (muitas vezes também chamada de desidrose), é caracterizada pelo surgimento de erupções na pele que costumam ser reincidentes. As lesões que ocorrem nas mãos e pés são pequenas, variando em torno de 3mm e formam pequenas vesículas (“bolhas, bolinhas”), e apresentam liberação de líquido claro transparente, podendo ser um pouco amarelado. Quando ressecam, formam crostas, que descascam e dão uma aparência de descamação e ressecamento. Popularmente, as pessoas dizem que estão com “bolhinhas de água que viram casquinhas”. Isso é a Disidrose.

Quais são os sintomas mais comuns da Disidrose?

“começa como bolinhas pequenas, estouram e formam bolhas maiores, bolhas de pus, as estouro, mas aparecem em outro lugar”.

O sintoma mais comum associado à Disidrose é a coceira (prurido), presente em quase todos de alguma forma. Alguns sentem maiscoceira outros menos. A maioria das pessoas relata que a pele para de coçar quando as “bolhinhas” (vesículas) se rompem de dão as casquinhas (crostas). Entretanto algumas continuam coçando, ou apresentam ardência, principalmente se houver fissuras ou feridas nas mãos ou nos pés.

Disidrose, causa e tratamento

Quais são as causas da Disidrose?

Antigamente pensava-se que a causa da doença estava relacionada com acúmulo de suor na pele das mãos e/ou dos pés o que formariam as bolhas (vesículas), por isso alguns chamam de Desidrose. Atualmente é sabido que a Disidrose se trata de uma doença eczematosa. Essa inflamação evolui com formação de um exsudato que se acumula na epiderme das áreas acometidas.

Esse processo pode ter como causa infecções fúngicas (“micose de pele”) no local ou à distância, ou seja, a micose pode estar em alguma outra região, como por exemplo uma micose nas unhas ou um “frieira” (micose  entre os dedos).

Outras possíveis causas são as alergias e dermatites de contato, que podem acontecer como reação às mais diversas substâncias.

Por último, a disidrose pode surgir em consequência de estresse e alterações emocionais.

É importante saber que não há relação da disidrose, ou dessas “bolhinhas nas mãos e nos pés”, com doença renal (doença dos rins) ou com alterações relacionadas ao acúmulo de ácido úrico.

Como tratar a Disidrose? Quais as complicações?

Na maioria das vezes, a disidrose tem resolução espontânea e não requer qualquer tratamento.

Uma coisa importante na escolha do tratamento da disidrose, na verdade, é descobrir o tratamento e a cura para os fatores que estão causando a doença. Assim é importante evitar o aumento de bactérias na região que podem se fixar nas “bolinhas” e causar uma piora das lesões.

Como foi dito, doenças fúngicas (micoses) podem desencadear a disidrose, sendo assim, esse fator deve ser tratado. E como existem bons remédios para esses problemas, devem sempre ser lembrados.

Por último e com a mesma importância, deve-se observar causas relacionadas ao Estresse e alterações emocionais.

Como são vários os fatores, é de suma importância procurar um dermatologista para que o diagnóstico seja bem feito e assim ele possa determinar o melhor tratamento, que normalmente envolve o uso de cremes e pomadas específicas.

Quem tem maiores chances de apresentar a doença?

Qualquer pessoa, em especial em situações de estresse físico ou psíquico estará mais propensa a desenvolver a doença. Ela surge comumente em grávidas cujo último trimestre se dá no verão ou em pessoas que convivem em ambientes de calor úmido e estão submetidas a estresse físico ou psíquico bem como em alcoolistas, por exemplo. No entanto, não há como prever o surgimento da disidrose.

 

 

Fonte:

BoaSaúde: Disidrose | Disidrose (Wikipedia) | Yoshihassu, L.H: Um Caso de Disidrose de 20 anos de evolução

15 comentários

Pular para o formulário de comentário

  1. roseli sibucks

    Estou a quase um ano indo a médicos de varias especialidades,principalmente dermatologistas e nada,tive varios diagnosticos e meus pés estão com muitas pustulas e quase não consigo andar,não sei mais o que fazer.Por favor preciso de ajuda,estou entrando em panico!

    1. Alergo House

      Boa Tarde!

      Prezada Sra. Roseli,
      Infelizmente, por questões ético-profissionais estamos impedidos de opinar clinicamente.
      Recomendamos que continue procurando por médicos de sua confiança, neste caso o ideal é que procurasse um alergista/imunologista.
      Gostaríamos de convidá-lo a conhecer nossa loja virtual especializada em pessoas alérgicas: http://www.alergohouse.com.br
      Atenciosamente, Alergo House.

      1. roseli

        eu procurei um dermato ele me passou um creme especifico clob-x pelo menos passou a coceira graças a pomada so q estou com maos muito ressecada agora vou espera as 3 semanas e voltar o medico

    2. ana santos

      Olá, também sofro do mesmo problema, já alguns anos, teve uma altura que inesperadamente desapareceu, nem sei como, nem o porquê, e agora passados mais ou menos uns dez anos apareceu de novo, recorri a muitos médicos, mas sem sucesso, até que me disseram para fazer o que vou passar a citar:
      Ferver num tacho malvas, alfazema e alecrim, após a fervura escoar a água para um recipiente onde possas colocar a mão ou a zona afetada, deixar arrefecer um pouco até ficar morna, e deixar atuar durante 10 a 15 minutos.
      Após este processo não seque as mãos com nada deixe secar livremente e quando estiver seco, coloque óleo de trigo torrado ou queimado, que se vende nas Ervanárias.
      Como é uma doença que tem muito a ver com o estresse, compre também algo para a ansiedade, também em Ervanária.

      Comigo está dando resultados, ainda estou a fazendo isto à poucos dias e já vejo resultados muito bons, é para continuar a fazer pelo menos durante um mês todos os dias pelo menos 3 vezes por dia.
      Tem que de ser paciente, eu vou ser sincera, não estou fazendo 3 vezes por dia, faço à noite quando já estou descansada em frente a televisão, mas o frasco do óleo de trigo anda sempre comigo na mala e sempre que sinto a pele seca coloco sempre várias vezes por dia.
      Espero ter ajudado, pois sei que incomoda muito em todos os aspectos, espero que de resultados para ti! :)

      Melhoras,
      Ana Santos.

  2. Lucas

    Tenho umas bolinhas bem pequenas nas mãos na parte superior não como mostra a foto, é somente ao lado dos dedos e uma parte em cima deles, é a mesma coisa ou pode ser outro problema?

    1. Alergo House

      Boa Tarde!
      Sr. Lucas,
      Infelizmente, por questões ético-profissionais estamos impedidos de opinar clinicamente – recomendamos sempre a procura de um profissional de sua confiança.
      Gostaríamos de convidá-lo a conhecer nossa loja virtual especializada em pessoas alérgicas: http://www.alergohouse.com.br
      Atenciosamente, Alergo House.

  3. edina

    Também tenho esse problema nas mão já tentei de tudo, mas por esses dias fui na farmácia e o farmacêutico me receitou uma pomada chamada: EMSCORTE, foi muito boa para mim e agora não vivo sem ela. Experimentem vocês também.

  4. maria aparecida

    Tenho esse problema, que surgiu assim que entrei na menopausa. Minha pele ficou ressecada e cada bolhinha que estoura descama e parece um ralo de tão áspera.
    Passando alguns dias , depois das palmas ficaram bem zoadas das voltam ao estado normal por um bom período, depois começa tudo novamente e se espalha muito rápido .
    Eu não tenho duvida, que essa doença é ocasionada pelos sintomas da menopausa que me deixa irritada e impaciente e me tira de foco quando a onda de calor chega de repente, como se eu tivesse na beira de uma fogueira.
    Não entendo o porque de não existir um remédio eficaz para aliviar esse sofrimento da mulher logo no inicio desses sintomas, ” só falta mesmo nascer um rabo” porque tudo acontece no organismo durante alguns minutos, que parece uma eternidade e deixa o corpo debilitado quando cessa, ate começar tudo de novo.
    As mulheres não se reclamam porque se sentem constrangidas quando se fala no assunto de menopausa, e ´até simulam que está tudo bem, talvez.

  5. Edson Pereira

    Boa noite, tenho esse problema ha 6 anos, no iniicio era apens no dedo polegar da mão direita depois espalhou para a palma da mão e para os outros dedos também e com algum tempo apareceu também na outra mão e também se espalhou para os dedos e para a palma da mão e agora apareceu também no dedo do pé direito,
    já fui em vários dermatologistas e nenhum descobre o que é nem passa o remédio correto, acho que os médicos dermatologistas estão em sua maioria despreparados, e só descobrir realmente a arlegia que tenho através desse site. vou passar novamente no médico e pelo jeito eu que vou ter que informar ao médico o problema que tenho ao inves dele me informar, absurdo.

    Edson Pereira

  6. Mayara

    Tenho 16 anos e meus pés tem os mesmo sintomas relatados nesse artigo, tenho isso desde quando nasci, meus pés já eram ressecados e com o passar do tempo eu chegava a ter ínguas e muita febre, cheguei a um ponto que não conseguia andar normalmente. Já fui a médicos e nenhum deles conseguiu identificar o que acontecia. A mais ou menos três anos essa alergia sumiu, sem deixar rastros, meus pés eram normais, continuavam com uma pele um pouco fina mas nada que se comparasse … Mas a alergia voltou, e estou sem saber o que fazer, hoje resolvi procurar na web se teria alguém com esse mesmo problema que eu! Sei que talvez eu não tenha Disidrose, mas me identifiquei muito.
    Estou usando uma serie de pomadas, mas nada esta resolvendo.

  7. Michely Araujo

    Fui hj ao dermatologista depois de 1 ano só me auto medicando, fui diagnosticada com desidrose, a doutora me passou o fluconazol e mais outros 3 cremes, um terei que mandar manipular..vou começar o tratamento esses dias e estou bastante confiante nos remédios que foram receitados.

  8. rafael

    Oi galera tenho isso a uns 7 anos descobri em uma revista da avon um ótimo creme
    pra você usar quando as bolhas estourarem e ressecar o nome dele e body corpo chantilly hidratante

    Espero ter ajudado.

  9. raquel

    Tenho esse problema…e o único remédio q passa é DIPROSPAN INGETAVEL.
    TOMO A CADA 30 DIAS.

  10. Rita

    Eu tenho Disidrose já faz algum tempo eu tento eliminar as causas: que no meu caso só aparece em momento de muito estresse, aparecia nos pes tbm mas hoje só nas mãos é mais nos dedos ai eu protejo quando vou lavar a louça e etc. Nunca tomei nada sempre tento manter a calma ai ele some por um bom tempo

  11. marco antonio

    Queridos amigos, depois de muito pesquisar e verificar tratamentos, estou fazendo um que em três dias já vi grandes resultados, pois não aparecem mais bolhas e a pele do meu pé esta voltando ao normal, espero que dê certo para vcs tb. Um comprimido de predinisona de 20mg a cada 12 horas. Estourei as bolhas que existiam e as abri, e começei a tratar passando por três vezes ao dia Diprosalic solução: Coloco o diprosalic, espero uns cinco minutos, ai retiro parte da casca que fica amolecida, após, passo novamente o diprosalic, espero por mais cinco minutos e passo a pomada halobex, passo bastante e esfrego bastante. Faço esse procedimento por tres vezes ao dia, Acho que daqui há uns oito dias, nao vou ter mais sinais das bolinhas, vai ser quando eu vou parar de tomar os comprimidos. Outra coisa para se passar nos pés é a pomada minancora. Pra mim esta dando tudo super certo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *